Centro de Competências

Workshop 2 – Projeto-piloto Manuais Digitais 2023/2024

No âmbito do desenvolvimento do Projeto-Piloto Manuais Digitais (PPMD), a Direção-Geral da Educação (DGE), em colaboração com o Centro de Formação de Associação de Escolas dos Concelhos de Santo Tirso e Valongo – CFAE Sebastião da Gama, promove um conjunto de Workshops (Ações de Formação de Curta Duração), subordinados ao tema “Partilha de práticas pedagógicas com recurso a tecnologias e manuais digitais”, que se realizam online, durante o ano letivo de 2023/2024.

Os 7 workshops temáticos, desenvolvidos na modalidade de Ação de Formação de Curta Duração (AFCD), com a duração de 4 horas, realizam-se em duas sessões de duas horas, à quinta-feira, das 17h30 às 19h30.

Irá decorrer nos dias 7 e 14 de dezembro o 2º workshop, denominado “Ambientes de aprendizagem inovadores“.

Assista ao vídeo de apresentação.

1ª sessão de partilhas entre as escolas que integram o grupo 21 do Projeto-piloto Manuais Digitais da DGE.

Decorreu nesta quarta-feira, dia 22 de novembro, a primeira sessão de partilha de práticas por parte das escolas que integram o grupo 21 do Projeto-piloto Manuais Digitais, que abrange o Algarve e o Baixo Alentejo.

O Agrupamento de Escolas Eng.º Nuno Mergulhão, em Portimão, iniciou este ciclo.

Foram partilhados um caso prático do uso dos manuais digitais da disciplina de Inglês no 7º ano, através da sua integração na

plataforma Teams e alguns exemplos de portefólios digitais criados na disciplina prática de Educação Visual e a forma como podem ser avaliados na mesma plataforma.

Houve lugar ao debate e reflexão, onde se considerou o projeto como uma mais-valia para as escolas envolvidas, potenciando alunos mais ativos, mais envolvidos e mais dinâmicos quando têm acesso aos mais diversificados Recursos Educativos Digitais.

Uma breve conversa sobre as Novas Aprendizagens Essenciais de Matemática A

Conversas de Fim de Tarde na Educom – 2ª Sessão – 22.novembro.2023

Intervenção da Professora Sofia Veríssimo, do Instituto Politécnico de Portalegre.

A sociedade atual está profundamente marcada pela globalização, pela crescente digitalização e pelo acelerado desenvolvimento tecnológico, devendo a escola proporcionar ferramentas basilares que permitam a formação de indivíduos ativos preparados para estes novos desafios. A formação de indivíduos matematicamente competentes é um propósito fundamental do currículo de Matemática. Nessa perspetiva, torna-se crucial ter uma Matemática orientada para o futuro, com ideias inovadoras do currículo.

Os aspetos comuns entre o Pensamento Matemático e o Pensamento Computacional, na ciência e na própria sociedade, justificam que o currículo de Matemática valorize esta abordagem conceptual na resolução de problemas.

Siga o link para assistir à intervenção.

Imagem de Freepik