Últimos artigos

Encontro da Rede Europeia dos Centros Internet Segura

Decorreu online, nos dias 15 e 16 de junho, o Insafe Training Meeting -  encontro da rede europeia dos Centros Internet Segura.  Além da oportunidade para a partilha de experiências e práticas entre os centros que integram a rede Insafe,  o encontro permitiu também:  analisar os desafios da realidade virtual e como isso mudará o modo como interagimos online; debater a Estratégia Europeia uma internet melhor para crianças (BIK+) e as implicações para o trabalho da rede; planificar o Dia da Internet Segura 2023; analisar a ação dos Centros de Internet Segura na resposta ao conflito na Ucrânia e para identificar o apoio a disponibilizar  às pessoas afetadas pela situação atual.

Neste encontro teve, ainda, lugar a “Insafe Resource Competition” durante a qual foram apresentados  diversos  recursos de sensibilização, submetidos à apreciação e  votação dos especialistas que integram os cerca de 30 Centros Internet Segura.   

De destacar o recurso português, jogo de tabuleiro de Cidadania Digital “Vamos descobrir o mundo digital” que ficou classificado na terceira posição. O  "Dangerous friendship on the internet", sobre a problemática do Grooming, apresentado pela Letónia, obteve o primeiro lugar . 

Vídeo de apresentação do recurso português “Vamos descobrir o mundo digital” em língua inglesa: https://www.youtube.com/watch?v=feE4NrlTFLI

Inscrições abertas para o [email protected]’22

A EDUCOM, a exemplo dos anos transatos e uma vez mais por intermédio do seu Centro de Competência, organiza o XVI Encontro de boas práticas educativas [email protected]'22.

Decorre atualmente o período de inscrições e os participantes poderão optar por inscrever-se nos eventos locais, selecionando a localidade desejada: Monte de CaparicaFaro ou Tarouca, ou optar pela participação na modalidade Online.

Poderá inscrever-se e escolher o local de sua preferência, clicando aqui.

Projeto Gen10s

Num momento de transição e capacitação digital, torna-se fundamental proporcionar a todos os cidadãos os recursos e oportunidades necessários para assegurar o domínio das novas tecnologias que garantam a sua participação plena e ativa na sociedade.

É com este objetivo que a EDUCOM tem nos últimos anos participado e colaborado no projeto Gen10s. Este projeto visa ensinar programação a crianças, promovendo a igualdade de oportunidades na área digital, reduzindo barreiras socioeconómicas e de género.

Este ano, a EDUCOM levou o projeto a quatro Agrupamentos de Escolas do Algarve, mais precisamente às escolas Básicas do 2.º e 3.º ciclos, Prof. Paula Nogueira em Olhão, Joaquim Magalhães em Faro, Infante D. Fernando em Vila Nova de Cacela e Dr. Francisco Cabrita em Albufeira. Com esta iniciativa, mais uma vez, proporcionou-se formação em programação Scratch a 100 alunos dos 5.º e 6.º anos. Os alunos destas escolas participaram no projeto contribuindo para uma nova perceção de tecnologia, demonstrando que podem passar de consumidores a programadores.

Este ano cruzámos este projeto com outra nossa iniciativa ,  Conversas de Fim de Tarde na EDUCOM na qual os colegas tiveram oportunidade de apresentar os trabalhos que realizaram com os seus alunos e explicar as dinâmicas e metodologias que colocaram em prática.